Você sabe quais são os principais exames de rotina para idosos?


Provavelmente você já deve ter escutado que a “prevenção é o melhor remédio”, não é mesmo? E não é à toa, já que qualquer doença descoberta o quanto antes aumenta as chances de cura do paciente. E quando falamos em terceira idade, a atenção deve ser redobrada.

Por mais que atualmente a expectativa de vida seja alta, a falta de prevenção pode levar uma pessoa a ficar doente por anos. Por isso a necessidade de se fazer exames médicos periodicamente.

Portanto, confira a seguir os principais exames de rotina para idosos.

1. Densiometria óssea

Deve ser realizado por homens e mulheres, entretanto, em idades distintas. Para o sexo feminino a recomendação é depois da menopausa. Já para eles deve ser feito acima dos 60 anos de idade.

O exame tem como objetivo evitar a osteoporose e complicações que podem surgir por conta de quedas, que prejudicam grande parte dos idosos e podem ocasionar até a morte.

2. Eletrocardiograma

Tem como função avaliar a quantidade de batidas cardíacas em uma frequência de um minuto. Através desse exame é possível identificar problemas como arritmias do coração e anomalias na condução elétrica desse órgão.

3. Exames ginecológicos

Os exames de papanicolau e de toque devem estar na agenda do paciente até os 70 anos de idade. A maior parte das mulheres evita o procedimento por não ter mais uma vida sexual ativa. Mas algumas infecções não tem relação com o sexo, e por isso é fundamental incluir os exames em sua rotina.

O exame ainda consegue diagnosticar o câncer de colo do útero. Já no caso dos homens o processo é fundamental para detectar um aumento da próstata e surgimento de câncer.

4. Colesterol

O exame de sangue mede a quantidade de triglicérides e colesterol, que são os tipos de gordura que levam nosso organismo a desenvolver placas que podem entupir as artérias.

As consequências? Risco de infarto, derrame e isquemia.

5. Glicemia

Através de um rápido exame de sangue é possível medir os níveis de taxas de açúcar em nosso organismo, que pode indicar a ocorrência de um diabetes do tipo 2.

Se o problema for detectado o quanto antes, os riscos de complicações como amputação de algum membro do corpo e cegueira podem cair para metade.

6. Pressão arterial

Precisa ser medida ao menos uma vez por ano. Isso porque a hipertensão é um dos maiores inimigos do envelhecimento. E a pressão alta na terceira idade pode aumentar as chances de um risco cardíaco. Sem contar que é a maior causa de enfermidades coronarianas e de derrames.

7. Mamografia

Indicada a partir dos 35 anos de idade, ou a partir dos 30 em pacientes com histórico de câncer de mama na família, a mamografia deve ser feita a cada cinco anos até os 70 anos.

8. Hemograma

O exame tem o objetivo de avaliar as células do sangue. Com ele, o médico pode analisar se o paciente está com anemia ou se a quantidade de glóbulos brancos está adequada aos parâmetros normais.

Além disso, ainda verifica as transaminases, que mostram como estão as funções do fígado. Também avalia taxas do colesterol e perfil lipídico, que mostram se existe ou não algum tipo de risco para doenças como AVC, arterosclerose e hipertensão arterial.

Lembrando que é muito importante que o idoso visite regularmente seu médico para que este faça um acompanhamento eficiente. Os exames de rotina para idosos são essenciais para a prevenção de várias doenças, mas não substituem a consulta médica.

Os idosos de sua convivência mantêm um acompanhamento médico para cuidar da saúde e evitar doenças? Eles passam por exames de rotina? Compartilhe suas experiências nos comentários!

https://cirurgicavitoriaregia.com.br/


Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *