Sintomas da hipertensão: saiba como identificá-los


Os sintomas da hipertensão são bem silenciosos, e é preciso tomar muito cuidado para identificá-la com antecedência. Também conhecida como pressão alta, essa doença ataca grande parte da população e pode se agravar se tratando de idosos, causando até problemas cardiovasculares.

No artigo de hoje, explicaremos a você como identificar os sintomas da hipertensão com facilidade e iniciar o tratamento adequado com um profissional de saúde. Confira!

O que é hipertensão?

A hipertensão é uma doença crônica causada por vários motivos, desde questões emocionais até a alimentação. Na maioria das vezes, porém, ela acontece por hereditariedade, e por isso é indicado visitar regularmente um médico, principalmente os idosos.

A hipertensão é conhecida como pressão alta porque aumenta o nível de pressão sanguínea dentro da artéria. Consequentemente, o coração se esforça muito mais para manter o sangue circulando, e tal sobrecarga pode prejudicar o funcionamento do órgão.

Como pode se tornar uma doença mais grave e até levar a óbito, é muito importante se atentar aos possíveis sintomas e as formas de tratamento.

Quais são os sintomas da hipertensão?

Embora seja considerada uma doença assintomática, ou seja, que não apresenta sintomas, existem alguns pontos que devemos nos atentar.

Quando um idoso está com a pressão em um nível bem elevado, é muito comum a presença de dores na cabeça, no peito e também na nuca. Tontura, fraqueza após atividades e visão embaçada também caracterizam as crises de hipertensão.

Outros sintomas que os idosos apresentam é o sangramento nasal, o inchaço e a palpitação. Ao notar esses sinais, é extremamente importante a ida ao médico com rapidez.

Como é feito o diagnóstico?

Se o idoso vai ao médico com frequência, é possível identificar a doença nos exames de rotina. Para uma pessoa que está suspeitando, existe um diagnóstico bem rápido, mas não tão preciso, que é feito por um medidor de pressão imediato.

Após esse rápido exame, é aconselhável fazer outro com medidores que acompanham a pressão arterial durante 24 horas, mostrando a real situação com mais precisão. Com esse exame, é mais fácil descobrir se realmente é hipertensão ou apenas a pressão alta por um determinado período.

Como é feito o tratamento?

Quanto mais cedo a doença for descoberta, mais simples são os tratamentos. Inicialmente, é preciso mudar o estilo de vida. Ter hábitos saudáveis, praticar exercícios físicos, melhorar a alimentação, consumir menos sal, consumir menos bebidas alcoólicas, parar de fumar e controlar o diabetes e o colesterol é o primeiro passo para o tratamento de uma doença que não tem cura.

Em alguns casos, é necessário o uso de medicamentos para esse controle, no entanto, é muito comum o aparecimento de efeitos colaterais. Por esse motivo, a disciplina também se torna muito importante para continuar com o tratamento até o final e nenhum problema maior surgir.

Agora que você já sabe quais são os sintomas da hipertensão e todos os cuidados que devem ser tomados, atente-se agora mesmo! É importante dialogar com o idoso e descobrir o que ele está sentindo, se possui alguma dificuldade em seu corpo ou algum dos sintomas citados. Esse é o primeiro passo para diagnosticar a doença.

Lembre-se de levá-lo a uma consulta médica com regularidade para garantir que está tudo em ordem, combinado? Com as medidas, cuidados e tratamentos certos, não há nada a temer.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outras pessoas que não conhecem os sintomas dessa doença tão silenciosa!

https://cirurgicavitoriaregia.com.br/

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *