Saiba como dar banho no leito em paciente acamado


O cuidado com pacientes acamados e/ou idosos é uma função que exige extrema prudência, fator que se deve à fragilidade da saúde de muitos. Essa também é uma tarefa que requer paciência e compreensão, pois, em muitos momentos, a pessoa acamada tem dificuldades para aceitar sua atual condição e o fato de que precisa de ajuda.

O banho no leito é a tarefa em que geralmente se tem mais dificuldade, principalmente quando a pessoa responsável pelos cuidados faz parte da família do acamado e não é um profissional especializado.

Para esse procedimento, existem algumas técnicas e cuidados que devem ser levados em consideração. Veja a seguir o passo a passo que preparamos com as melhores práticas para dar banho no leito em pacientes que estão acamados:

O passo a passo para dar banho no leito

A hora do banho

A primeira coisa a se decidir é a hora do banho. Tente achar um consenso entre a sua disponibilidade e o momento que o paciente escolhe para fazê-lo: isso dará à pessoa alguma autonomia para tomar decisões sobre sua própria rotina.

Os materiais necessários

  • 3 litros de água morna em uma bacia
  • 2 gazes para a região dos olhos
  • 2 esponjas macias (separe uma para ser utilizada na região genital e no ânus)
  • 1 toalha de banho macia
  • Sabonete líquido adequado à pele do paciente para ser diluído na água
  • Lençóis devidamente higienizados e secos
  • Roupas limpas

Separe os apetrechos que serão necessários e disponha-os de maneira acessível. É importante que sejam materiais de qualidade para evitar que o paciente se machuque ou tenha outros problemas mais sérios.

Caso ele mesmo consiga fazer o procedimento, não o deixe sozinho. Algum imprevisto pode acontecer e ele precisará da sua ajuda.

O movimento no leito

Tome cuidado para arrastá-lo no colchão. Retire o travesseiro, mas deixe um lençol sobre ele para evitar resfriados.

A temperatura da água

É importante verificar a temperatura da água. Ela deve estar morna, pois existem partes do corpo que podem estar mais sensíveis.

O início do banho

Os olhos

Você deve começar pelos olhos. Limpe-o utilizando uma gaze úmida. Inicie pela parte mais interna da região dos olhos e não use sabonete nesse momento.

O rosto e as orelhas

Para lavar o rosto e as orelhas, você já pode utilizar uma esponja úmida. Tome cuidado para que a água não caia dentro dos olhos e dos ouvidos. Em seguida, seque as partes lavadas com uma toalha.

O tronco e os membros superiores

Nesse momento, coloque um pouco de sabonete líquido na água. Com a esponja molhada, lave o tronco e os membros superiores. Comece pela mãos e vá até as axilas; depois lave o peito e a barriga. Em seguida, seque-o e suba os lençóis de modo que as pernas fiquem descobertas.

Os membros inferiores

Utilizando a mesma esponja dos membros superiores, repita o procedimento com os membros inferiores. Inicie pelos pés e suba em direção às coxas. Seque-o bem, principalmente entre os dedos, pois evita micoses.

A região íntima e as costas

Utilizando a segunda esponja, lave a região íntima do paciente, sempre iniciando da parte da frente para trás. Nesse momento, virar o paciente de lado pode facilitar o procedimento.

Em seguida, com a primeira esponja, lave as costas. Seque bem a região íntima.

O fim do banho

Para finalizar o procedimento, troque os lençóis molhados por outros secos e vista o paciente com as roupas limpas.

O cuidado com pessoas idosas e acamadas é um ato de amor. Existem técnicas e materiais fundamentais para fornecer uma melhor qualidade nesse momento da vida. O passo a passo para dar banho no leito é uma delas.

Gostou desse post e quer continuar acompanhando outras informações valiosas para cuidar de quem você ama? Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas dicas diretamente no seu e-mail!

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

S  Salete Maria da Silva     5 de setembro de 2018 às 16:34

Artigo excelente …achei super útil pois estou cursando cuidador de idoso
Isso só acrescenta no meu conhecimento
Obrigada


    <  Victória Régia     6 de setembro de 2018 às 08:20

    Olá
    Muito Obrigado agradecemos e esperamos sempre ajudar



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *