Monitorar pressão em casa: o que você precisa saber


Você já ouviu falar de hipertensão arterial sistêmica? Essa é a famosa pressão alta, que afeta mais de 30% dos adultos, de acordo com estudos realizados em 2010. É uma doença silenciosa que pode causar alguns danos ao indivíduo — como infarto, acidente vascular cerebral e insuficiência renal — se não tratada adequadamente. Por isso, o seu controle é de extrema importância.

Ela merece o acompanhamento médico constante, mas você sabia que podemos monitorar pressão em casa? Leia o post para entender um pouco mais sobre a hipertensão e como ela pode ser medida no seu próprio lar.

Para quem é indicado à medição da pressão em casa?

A pressão arterial deve ser medida em casa nas seguintes situações:

  • Caso você tenha sido diagnosticado por um médico com hipertensão, isto é, com valores acima de 140 x 90 mmHg, de acordo com a última Diretriz Brasileira de Hipertensão de 2010;
  • Em caso de pré-hipertensão, com valores entre 120-135 x 80-90 mmHg;
  • Quando o médico suspeitar da hipertensão do jaleco branco, isto é, aqueles casos em que a pressão sobe quando o paciente se encontra com o médico em seu consultório.

Quantas vezes eu devo medir minha pressão arterial?

De acordo com a IV Diretriz Brasileira de Hipertensão, a pessoa com pressão alta deve verificar a sua pressão, em média, a cada 2 meses. Porém, a conversa com o médico é a maneira mais importante de determinar essa frequência, pois cada pessoa tem suas peculiaridades.

Como monitorar a pressão em casa?

A medida da pressão em casa é uma boa estratégia para o controle da pressão arterial, pois ela pode revelar valores mais fidedignos — isso se o paciente realizar corretamente a medida. Isso ocorre porque os valores são obtidos no ambiente em que o indivíduo passa a maior parte do dia.

Os aparelhos mais indicados para essa medição são os esfignomanômetros. Os digitais são muitas vezes preferidos pela sua facilidade, pois basta apertar o botão indicativo para o aparelho começar a inflar automaticamente e a leitura da pressão aparecer. Em seguida, no monitor, junto com um efeito sonoro sinalizando o fim do processo.

Lembre-se sempre de comprar aparelhos certificados pelo Inmetro. Há vários modelos disponíveis. Anote todas as medidas realizadas e leve-as ao seu médico para orientá-lo em sua conduta.

O que devo fazer antes de realizar a medição?

Para termos um valor de pressão mais real, é preciso seguir algumas dicas. Primeiramente, procure um local tranquilo, confortável e esteja relaxado com a bexiga vazia, pois isso pode alterar a medição. Além disso, lembre-se:

  • Descanse sentado de 5 a 10 minutos;
  • Descruze as pernas na hora da medir — esse é um ponto muito importante;
  • Apoie seu antebraço em uma superfície confortável;
  • Não realize exercícios físicos nos últimos 30 minutos;
  • Não beba álcool ou café, nem fume nos 30 minutos antes da aferição, pois isso pode acelerar o seu metabolismo e aumentar a pressão;

A hipertensão arterial é uma condição que pode trazer muitos danos para a pessoa que a tem. Por isso, devemos ter uma mudança no estilo de vida, realizando exercícios físicos e diminuindo a quantidade de sal na comida. Monitorar pressão em casa é um grande aliado do paciente e do médico, porém é fundamental sempre procurar um profissional da saúde para orientação adequada.

Gostou do nosso post? Então, que tal curtir nossa página no Facebook para ter acesso a mais informações como essas?

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *