Como baixar a febre com banho? Aprenda aqui!


A alta temperatura do corpo, também conhecida como febre, geralmente vem acompanhada de uma série de outros sintomas, como dor de cabeça, fraqueza, boca seca, pouco apetite, desidratação, entre outros.

Na ânsia por aliviá-los, é normal ficarmos preocupados e começa a procurar por alternativas para baixar a febre. Uma delas é por meio do banho. Mas você sabe se a temperatura da água deve ser quente ou fria?

No post de hoje, explicaremos em detalhes como baixar a febre com banho. Confira!

O que é a febre?

A temperatura do nosso organismo é ajustada para permanecer na marca de 37º C — temperatura em que os órgãos internos funcionam adequadamente.

No entanto, em algumas situações — tal como a infecção por vírus ou por bactérias causadores de doenças —, nosso corpo começa a liberar substâncias que agem no hipotálamo (órgão responsável pelo controle da temperatura corporal) no sentido de aumentar a temperatura do corpo.

Você deve estar se perguntando por que nosso organismo faria isso. A resposta é simples: os vírus e as bactérias, assim como nós, também estão programados para funcionar a 37º C. Desse modo, quando nosso próprio corpo aumenta a sua temperatura, é na tentativa de eliminar os agentes que o estão causando mal.

Mesmo tendo essa função de defesa, também no sentido de proteger o nosso corpo, a febre, por sua vez, não traz grandes benefícios ao organismo e, sempre que possível, deve ser controlada e baixada.

Como baixar a febre com banho?

O recomendável é que, a partir dos 37,5º C, você já comece a tomar providências para baixar a febre, começando pelo uso adequado (e sob orientação) dos antitérmicos e pelo agasalhamento, caso esteja sentindo frio.

Agora, no caso de, mesmo com o uso dos antitérmicos, a febre continuar aumentando — e atingir 38º ou 38,5ºC — já é hora de tomar outras providências no sentido de baixá-la — e é aí que entra o banho.

Por que o banho não pode ser quente?

Quando o corpo está febril, não é nem um pouco recomendável tomar banho quente. Isso porque o organismo já está acima de sua temperatura ideal, então não há sentido tomar um banho quente, visto que sua ação no organismo será a de justamente aumentar ainda mais a sua temperatura.

Por que o banho não pode ser frio?

Ao contrário do que muitos imaginam, o banho frio também não é recomendado para quem está com febre.  O banho frio diminui nossa temperatura superficial — a temperatura da pele — o que “engana” os nossos receptores de temperatura, fazendo com que eles entendam que a temperatura do corpo que havia sido “programada” ainda não foi atingida.

Dessa forma, eles enviam sinais para o cérebro no sentido de aumentar ainda mais a temperatura corporal — já que ela, supostamente, ainda não foi atingida. Esse fenômeno, conhecido como “febre rebote”, acaba sendo mais danoso que o inicial, visto que seu corpo aumentou uma temperatura que já estava alta.

Por que o banho deve ser morno?

O banho ideal para baixar a febre não é nem quente e nem frio, e sim morno. O banho morno, de duração de 3 a 5 minutos, faz com que haja uma harmônica troca de calor entre o nosso organismo e a água corrente, o que faz com que o corpo permaneça em uma temperatura agradável.

Além disso, um banho morno também pode trazer uma sensação de bem-estar e relaxamento, o que também ajuda na recuperação da febre.

Agora que você já sabe como baixar a febre com banho, que tal dividir essas dicas com outras pessoas? Compartilhar este artigo em suas redes sociais e ajude seus amigos a cuidar melhor da saúde!

https://cirurgicavitoriaregia.com.br/

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *