6 dicas para economizar na compra de fraldas geriátricas


Os anos passam, a idade chega e, com ela, é comum que surjam algumas limitações: dificuldades para andar, cansaço constante, redução dos movimentos ou até mesmo algumas doenças mais graves.

Para reduzir o problema e proporcionar maior conforto aos idosos, é comum que os responsáveis ou familiares passem a realizar a compra de fraldas geriátricas.

Acontece que essas fraldas, por serem feitas com materiais que permitem maior absorção e garantem mais segurança, costumam ter um custo alto e que muitas vezes surge de forma inesperada.

Pensando nisso, organizamos algumas dicas simples para ajudar você a economizar na compra de fraldas geriátricas. Confira!

1. Escolha a marca certa

Existem vários tipos de fraldas geriátricas: hipoalérgicas, com ou sem barreiras laterais, anatômicas, com produtos que hidratam a pele, com produtos que minimizam o odor, com maior ou menor absorção, etc.

Converse com um especialista e pense na fralda ideal, afinal, se escolher o tipo errado, desperdiçará pacotes abertos.

Além disso, lembre-se que em algumas situações o preço, mesmo que mais alto, poderá gerar uma economia. Um exemplo disso são as fraldas com maior absorção que, apesar de mais caras, duram mais tempo e, portanto, precisam ser trocadas com menor frequência.

Logo, analise todos esses detalhes com calma antes de realizar a primeira compra.

2. Faça uma ampla e cuidadosa pesquisa de preços

Após escolher a melhor fralda para atender às suas necessidades, separe um tempo para pesquisar em vários lugares e consultar tanto as lojas físicas quanto as lojas online.

Fazendo isso, além de conseguir melhores valores, terá a oportunidade de aproveitar algumas promoções.

3. Analise o custo-benefício com calma

Ao realizar a compra, não opte necessariamente pelo pacote menor. É importante observar o preço e a quantidade de fraldas do pacote para, então, calcular o preço unitário.

É comum que os pacotes maiores, por terem mais unidades, possibilitem custos unitários mais baixos. Então, confira sempre e analise com calma o custo-benefício.

4. Tente encontrar um atacado

Comprar direto com um fornecedor e em um número maior de pacotes também é uma ótima opção. Por mais que você gaste um valor mais alto ao realizar a compra, economizará no gasto individual com cada fralda, o que, sem dúvida, é vantajoso.

5. Use fraldas melhores durante o período da noite

Como as fraldas mais resistentes costumam ser mais caras, deixe para usá-las apenas a noite, que é o período em que elas precisarão realizar a absorção por um grande número de horas seguidas.

Essa separação, apesar de dar uma sensação de trabalho extra, poderá contribuir de forma considerável com o seu orçamento.

6. Planeje com calma a periodicidade da compra de fraldas geriátricas

Para que todas essas dicas sejam eficientes, você precisa de um planejamento. Pense com qual frequência mínima fará novas compras. Assim, você poderá pensar nas melhores opções com antecedência.

É importante lembrar que a compra de fraldas geriátricas avulsas, além de dar mais trabalho, normalmente é feita na pressa, o que impede que você economize ou aproveite boas promoções.

Gostou deste artigo? Tem alguma dica para acrescentar? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe a sua experiência conosco e com os nossos leitores!

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *