4 dicas para saber lidar com a persistência dos idosos


Os anos passam para todos nós. Há quem diga que a longevidade é uma dádiva, mas é necessário estar ciente que ela também traz alguns ônus. Envelhecer com saúde nem sempre significa poder fazer tudo o que fazíamos quando éramos jovens. Para muitos idosos, a aceitação dessa nova condição de vida pode ser muito difícil, e na maior parte dos casos, é essa a origem da persistência dos idosos que tanto nos incomoda.

Mas antes de perder a paciência e querer impor sua vontade a qualquer custo para o seu familiar idoso, tente exercitar um pouco a empatia por ele. Você, que é acostumado a dirigir seu carro, tomar decisões, ter autonomia no trabalho e na sua vida pessoal, já imaginou perder tudo isso e depender que outros o façam para você? Doloroso, não? Pois é exatamente dessa forma que se sente o idoso.

É claro que o “cuidador”, seja ele profissional ou um familiar, precisa ter voz ativa, já que detém a responsabilidade sobre o bem-estar do idoso, mas encontrar o equilíbrio é a melhor forma de proporcionar qualidade de vida àqueles que tanto fizeram por nós.

Pensando nisso, listamos abaixo 4 dicas para melhorar o seu relacionamento com os familiares idosos. Confira!

1. Ofereça carinho, amor e paciência

Idosos podem apresentar resistência para tomar medicamentos prescritos pelo médico, se recusar a tirar aquele tapete que pode causar um acidente ou contar diversas vezes a mesma história.

Nessas situações respire fundo, conte até dez e explique a ele, com todo amor e carinho, que todas essas “ordens” são para o bem dele — e deixe sempre claro que você o ama e se preocupa com ele. Além disso, esteja sempre aberto ao diálogo e a negociações. Seja firme sem parecer autoritário.

2. Compreenda e respeite o idoso

Não é por que você cuida do idoso que tem o direito de ser grosseiro com ele ou mesmo de dizer que ele é um empecilho na sua vida, um encostado ou que vive às suas custas.

Trate-o sempre com o mesmo respeito que gostaria de ser tratado e entenda que ele se encontra em uma condição que não escolheu, mas que foi imposta pela vida.

Os idosos já se sentem fragilizados por depender dos mais jovens, imagine se você levá-los a pensar que eles realmente são um peso na sua vida?

Muitos idosos se tornam depressivos e introvertidos, e cabe a você estimular a autoestima do seu familiar idoso. Lembre-se sempre: você também vai chegar lá!

3. Fique de olho na saúde do idoso

Pessoas idosas têm medo de “dar trabalho” aos filhos e netos e muitas vezes não dizem que estão se sentindo mal. Portanto, tenha bom senso e mantenha seu “radar” ligado.

Qualquer comportamento diferente do habitual demanda especial atenção. Algumas doenças, típicas da idade, podem se manifestar de formas sutis.

4. Faça com que o idoso se sinta incluído

Chame-o para acompanhá-lo em passeios com a família ou mesmo naquela sua ida ao parque ou à sorveteria.

Aproveite o momento para ouvi-lo, estreitar os laços e fazer com que ele se sinta amado e acolhido na vida familiar. Isso fará uma grande diferença para ele.

Se você acredita que este post vai ajudá-lo a lidar melhor com a persistência dos idosos da sua família, assine nossa newsletter e esteja sempre a par das melhores dicas!

 

https://cirurgicavitoriaregia.com.br/

Compartilhe nossos Artigos!

Victória Régia

Empresa com mais de 28 anos de experiência no segmento nosso intuito é ajudar da melhor forma possível com dicas, noticias e cuidados. Trabalhando assim em prol da saúde tanto do paciente como da família e sociedade.

Victória Régia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *